Saiba como aumentar o número de vacas prenhes no rebanho

A Embrapa Gado de Leite, sempre visando sanar as dúvidas dos produtores rurais elencou alguns pontos que podem auxiliar o criador a aumentar o número de vacas prenhes no rebanho. Além disso, o órgão também mostra quantos desses animais devem estar em lactação.

Para atingir o objetivo de aumentar o número de vacas prenhes no rebanho, alguns pontos são indispensáveis:

  • A vaca deve parir em boa condição corporal, nem magra e nem muito gorda.
  • Após o parto, deve-se oferecer condições de alimentação e de manejo adequadas para que as vacas apresentem cio o mais rapidamente possível (boa alimentação nos períodos pré e pós-parto).
  • Deve-se obter boa taxa de concepção (inseminação correta e touro fértil).
  • O rebanho precisa ser mantido livre de doenças que provoquem aborto.
  • Deve-se evitar qualquer manejo que provoque estresse nos animais, especialmente nas vacas em reprodução.

Já para saber quantas vacas do rebanho devem estar em lactação, deve-se considerar apenas o número total de vacas do rebanho, o ideal é que 83% das vacas estejam em lactação, o que significa intervalo de partos de 12 meses e duração de lactação de 10 meses. Entretanto, em relação ao total de animais da propriedade, de 40% a 45% deve ser de vacas em lactação.rebanho gir

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

Confira o melhor método para avaliar a eficiência produtiva

A Embrapa Gado de Leite disponibiliza para o produtor rural a publicação “500 perguntas 500 respostas” destinado à criação de gado leiteiro.

Uma das questões respondidas é:

Qual o melhor método para avaliar a eficiência reprodutiva?

A eficiência reprodutiva não pode ser avaliada apenas por um índice, pois há diferenças entre os que podem ser empregados.

O intervalo de partos – período entre dois partos consecutivos – é o índice mais usado para avaliar a eficiência reprodutiva de uma propriedade. Obviamente, não se aplica a novilhas, vacas com um só parto, nem às que permanecem longo tempo em anestro. O ideal é ter um intervalo de partos d e12 a 13 meses, com período de serviço de 80 a 110 dias.

O número de serviço por concepção é outra medida que pode ser adotada, sendo recomendado um índice abaixo de 1,7. Mas, esse índice mede mais a eficiência do inseminador do que a reprodutiva do rebanho. Entretanto, o intervalo de partos e o número de serviço por concepção são índices históricos, ou seja, são obtidos a partir de eventos ocorridos ao longo do tempo.

Como opção de índices dinâmicos, pode-se utilizar a taxa de prenhez (número de vacas gestantes sobre número total de vacas) que pode ser medida mensalmente, com o ideal próximo de 75%, e a taxa de vacas vazias com mais de 90 ou 120 dias de lactação.

O acompanhamento desse índice permite identificar vacas com reprodução atrasada, também chamadas de vacas problema, pois serão as responsáveis pelo alongamento do período de serviço e do intervalo de partos da propriedade. O ideal é que menos de 7% das vacas em lactação não tenha voltado em cio até 90 dias pós-parto e que menos de 4% das vacas estejam com mais de 120 dias de paridas e vazias.

vacas gir

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

Leilão Virtual Programa do Leite Agro SB acontece dia 23 de agosto

Acontece no dia 23 de agosto, a partir das 10h (horário de Brasília), o Leilão Virtual Programa do Leite Agro SB. O remate que irá ofertar 240 novilhas Girolando de alta linhagem e 10 touros Gir-Leiteiro P.O será transmitido ao vivo pelo Canal Rural.

Os animais que forrem arrematados no leilão poderão ser pagos em 14 parcelas (2+2+10), com um desconto de 10% no valor da venda à vista. Além disso, a organização do remate oferece um bônus de frete de 1000 km para cada carga fechada (24 novilhas).

O evento é promovido pela Agro Santa Bárbara Xinguara e realizado pela leiloeira Programa Leilões.

Para conferir o catálogo completo do Leilão Virtual Programa do Leite Agro SB, basta acessar o link abaixo: http://programaleiloes.com.br/common/uploads/anexos/2063151828L_1.pdf

agro sb

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

Leilão Elite – As Famílias do Leite acontece dia 18 de agosto

Acontece logo mais às 21 horas (horário de Brasília), o Leilão Elite – As Famílias do Leite, que irá ofertar 36 lotes de animais Gir Leiteiro. O remate irá contar com animais de algumas fazendas que dispõem das linhagens mais produtivas do Brasil, como a Fazenda Vila Rica, Fazenda Figueira e Fazenda Oriente.

O evento contará com transmissão ao vivo do Canal Terraviva e é realizado pela leiloeira Programa Leilões. Confira alguns dos animais de destaques do Leilão Elite – As Famílias do Leite:

Lote 01 – Poeta FIV Vila Rica
Filha de Teatro da Silvania X Kandia FIV Vila Rica

Lote 02 – Quimia FIV Vila Rica
Filha de Jaguar TE do Gavião X Kesia FIV Vila Rica

Lote 16 – FIGO FIV Festa
Filha de Radar dos Poções X FB Donzela

Lote 18 – FIGO FIV Fábula
Filha de C.A. Sansão X FIGO Bashuala FIV

Para conferir o catálogo completo do Leilão Elite – As Famílias do Leite basta acessar o link abaixo:

http://www.programaleiloes.com.br/common/uploads/anexos/2063151211L_4.pdf

famílias do leite

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

12º Mega Leilão da Genética Aditiva acontece no dia 1º de agosto

A Genética Aditiva realiza no dia 1º de agosto, no Tatersal de Elite da Acrissul, em Campo Grande (MS), a 12ª edição de seu Mega Leilão. O remate ira proporcionar aos participantes a oportunidade de melhorar geneticamente os seus rebanhos, oferecendo touros Nelore PO avaliados entre Top 0,1% e 5% pela Associação Nacional de Criadores e Pesquisadores (ANCP).

O grande destaque desta edição do Mega Leilão da Genética Aditiva será a oferta de uma porcentagem do reprodutor Rem Caballero, touro que possui o MGT 32.56, o maior MGT da história nos 27 anos do Programa Nelore Brasil.

Os animais ofertados no remate são resultado de um trabalho de melhoramento que colocou em 2015, touros nas dez primeiros posições do ranking da ANCP. O evento irá oferecer ao mercado mais de 400 touros, com idade média de 24 meses, prontos para trabalhar, para elevar a qualidade genética dos rebanhos e aumentar a eficiência nas fazendas.

A 12ª edição do Mega Leilão da Genética Aditiva contará com transmissão ao vivo do Canal do Boi.

mega leilão genética aditiva

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

Produtores do RS adotam nova tecnologia na produção leiteira

Os municípios de São José do Ouro e Lagoa Vermelha do Rio Grande do Sul adotaram o sistema Compost Barn, nova tecnologia para a produção leiteira criada nos Estados Unidos e ainda pouco difundida no Brasil.

E a Emater/RS-Ascar visitou na última quinta-feira (25) quatro propriedades nesses municípios que utilizam esse novo sistema para conhecer de perto os resultados e as principais diferenças dessa nova técnica para as que são utilizadas com maior frequência pelos produtores de leite no Brasil.

O Compost Barn foi criado na década de 1980, porém só começou a ganhar mais adeptos em 2001. O sistema consiste em manter os animais do rebanho confinados sobre uma cama de serragem e seu princípio básico de funcionamento é a compostagem da cana.

Entre as vantagens da utilização do Compost Barn, aparecem o melhor conforto do animal, vacas mais limpas, redução de problemas de cascos e pernas, diminuição de contagem de células somáticas, aumento da detecção de cios e da produção de leite, além das melhorias nas condições de trabalhos dos produtores, explica o agrônomo da Emater/RS-Ascar, Leônidas Cesar Dutra.

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

Conheça Darin FIV Cal – Gir Leiteiro da Fazenda Cabeceira do Prata

A Fazenda Cabeceira do Prata, localizada em Jardim (MS), começou a sua criação da raça Gir Leiteiro em 2010, quando adquiriu animais provenientes do plantel Gir Villefort, um dos mais famosos do Brasil, que tem como base genética os principais criatórios do país como Fazenda Calciolândia, Fazenda Brasília, Estância Jasdan e Fazenda Poções.

Desde então, a fazenda de Mato Grosso do Sul tem investido no melhoramento genético do seu plantel e também em tecnologias voltadas para estimular e auxiliar uma boa produção leiteira. Prova disso, foi a realização da primeira fertilização in vitro (FIV) da Fazenda Cabeceira do Prata, realizada em janeiro de 2011 e desde então o procedimento continua até os dias de hoje.

Entre os animais do plantel de Gir Leiteiro está o touro Darin FIV Cal, confira:

Darin FIV Cal, filho de Radar dos Poções X Perfumada TE da Cal
Data de nascimento: 22/09/2010
O animal possui diversos títulos da raça como: 7º lugar no ranking de 2012 dos melhores machos nacionais da Associação Brasileira dos Criadores de Gir Leiteiro (ABCGIL); Campeão Júnior Maior na Expoleite Uberaba 2012; Campeão Melhor Macho da Expogrande 2013.

Darin-FIV-Cal

Autor: Vicenzzo Vicchiatti
Foto: Divulgação/Fazenda Cabeceira do Prata

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized